Diminuir letra Aumentar letra
PRODUÇÃO CIENTÍFICA

Tratamento invasivo da fibrilação atrial: quando indicar e quais os resultados
Ana Paula Arbo Magalhães, Maurício Pimentel, Leandro Ioschpe Zimerman

Resumo  - A fibrilação atrial é a arritmia atrial mais comum, com impacto relevante na morbidade e mortalidade dos pacientes. O tratamento invasivo - cirurgia do labirinto, ablação de nó atrioventricular com implante de marcapasso definitivo e a ablação curativa da fibrilação atrial - constitui alternativa terapêutica eficaz para controle sintomático em pacientes selecionados. O tratamento cirúrgico pode ser considerado em pacientes que serão submetidos à cirurgia cardíaca. A ablação de nó atrioventricular com implante de marcapasso definitivo é uma opção em pacientes com resposta ventricular não adequadamente controlada. A ablação curativa da fibrilação atrial pode ser indicada para pacientes sintomáticos, refratários a drogas antiarrítmicas.

 

Palavras-chave: fibrilação atrial, cirurgia, ablação



Introdução - A fibrilação atrial (FA) é a arritmia atrial mais comum, atingindo milhões de pessoas em todo o mundo. Sua incidência e prevalência aumentam com a idade. Tem um impacto relevante na morbidade e mortalidade, com prejuízo da qualidade de vida e da capacidade funcional dos pacientes.

 

As alternativas de tratamento disponíveis são muitas. Atualmente, discute-se muito o papel da atuação preventiva precoce, tanto primária como secundária sobre a FA, impedindo sua autoperpetuação pela intervenção precoce para evitar o remodelamento elétrico e estrutural cardíaco (1).


Em relação ao tratamento farmacológico, tanto na estratégia de controle da freqüência cardíaca como na de controle do ritmo, muitos pacientes permanecem sintomáticos. As drogas antiarrítmicas utilizadas para tratamento da FA têm eficácia limitada na manutenção do ritmo sinusal, além de um risco potencial de toxicidade. Este cenário tem estimulado a busca crescente de terapias alternativas não farmacológicas para prevenção e controle da FA. Entre estas, encontram-se o tratamento cirúrgico, realização da ablação do nó atrioventricular e implante de marcapasso, e, mais recentemente, a ablação curativa.


Objetivos - Revisar as principais indicações e os resultados do tratamento invasivo da FA.


Procardiol,  Abril 2008

 

 

Para ler o artigo completo, clique no botão download PDF, no canto direito superior  desta página.

Veja mais PRODUÇÃO CIENTÍFICA:
  • Contatos
  • Hospital São Francisco
    Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre
  • Para
    Sistema Único de Saúde:

    (51) 32148292
  • Para
    Convênios e Particulares:

    (51) 32148119
    (51) 32271609
    (51) 32271604
  • Cardiologia Pediátrica:
    (51) 32148069 (Fone/Fax)
    hork@santacasa.tche.br
  • Direção Médica:
    (51) 32253019 (Fone/Fax)
    (51) 32148209
    lucchese@santacasa.tche.br
Copyright © - Doutor Coração - Clínica e Cirurgia do Coração - 2012 - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por:
Gustavo Appel - Web Solutions 170web - Sistemas