Diminuir letra Aumentar letra
NOTÍCIAS

08/08/2018
Pesquisa aponta desconhecimento e pouca atenção dos brasileiros com os níveis de colesterol

Colsterolruim.png

Crédito da imagem: Sociedade Brasileira de Cardiologia

8 de agosto é o Dia Nacional de Controle do Colesterol, uma doença silenciosa que só pode ser identificada através de exame de sangue. Atinge cerca de 40% da população adulta no Brasil, aproximadamente 60 milhões de pessoas, e é um importante fator de risco para doenças cardiovasculares graves.

Apesar da alta incidência, uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) constatou que 49% dos brasileiros desconhecem o tempo de um tratamento para estabilizar as taxas de colesterol e a necessidade de acompanhamento médico.

O estudo revelou, ainda, que 67% dos entrevistados mediram o colesterol pela primeira vez depois dos 45 anos de idade e 11% nunca fizeram o exame. 

A pesquisa questionou os entrevistados também sobre o colesterol ruim e a sigla que o identifica. 65% não souberam responder ou erraram - 32% disseram não saber, 22% indicaram o HDL (sigla do colesterol bom), 9% as triglicérides e 2% o colesterol total. Somente 35% citaram a resposta correta, o LDL.

Além disso, 71% dos entrevistados afirmaram que se preocupam pouco ou não se preocupam com os níveis de colesterol no sangue. Apenas 29% disseram estar atentos às taxas. O levantamento ouviu 850 pessoas de todo o Brasil com mais de 25 anos.

Conforme a Sociedade Brasileira de Cardiologia, os níveis de colesterol podem ser controlados a partir de mudanças no estilo de vida, com práticas de atividades físicas e dieta equilibrada, mas o acompanhamento médico regular é fundamental para que o especialista identifique a necessidade de recomendar o uso de madicamento.