Diminuir letra Aumentar letra
NOTÍCIAS

26/03/2010
Padrões dietéticos e risco de diabetes

A alta incidência de diabetes entre os americanos descendentes de japoneses e as havaianos nativos não pode ser explicada pelo índice de massa corporal (IMC). Um estudo realizado na Universidade do Havaí e publicado no periódico Diabetes Care examinou a influência de 3 padrões dietéticos sobre o risco de diabetes em 29.759 caucasianos, 35.244 descendentes de japoneses e 10.509 havaianos nativos. Os padrões dietéticos eram: “gordura e carne”, “vegetais” e “frutas e leite”. Os participantes tinham 45-75 anos.

Após 14 anos de acompanhamento, 8.587 indivíduos desenvolveram diabetes. A dieta rica em gordura e carne foi significativamente associada ao risco de diabetes em homens e mulheres. Exceto entre as mulheres havaianas, a magnitude do risco foi similar em diferentes grupos étnicos, embora nem sempre significativa.

Após estratificação para IMC, gordura e carne persistiram como preditores de doença, principalmente entres os homens com sobrepeso e as mulheres descendentes de japoneses com sobrepeso. Os vegetais reduziram o risco de diabetes em homens, mas não em mulheres, enquanto frutas e leite pareceram ser mais benéficos em mulheres.

Este estudo mostra que a dieta rica em carne e gordura parece conferir um maior risco de diabetes em todos os grupos étnicos, enquanto os efeitos de outros padrões dietéticos variam com o sexo e a etnia.

Fonte: Diabetes Care, Volume 33, Number 3, March 2010, Pages 532-538.