Diminuir letra Aumentar letra
NOTÍCIAS

05/09/2018
Campanha ensina a população a fazer massagem cardíaca

Captura de Tela 2018-09-05 às 12.53.54.png

A iniciativa é da Casa de Saúde São José, do Rio de Janeiro.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, ocorrem cerca de 200 mil paradas cardiorrespiratórias no Brasil todos os anos. Metade dos casos são registrados fora de hospitais. Dados da Sociedade Brasileira de Arritmias Cardíacas mostram que cada minuto sem socorro reduz entre 7% e 10% a chance de sobrevida do indivíduo.

 

E, embora a literatura científica aponte que a ressuscitação cardiopulmonar feita por leigos treinados pode ser bem-sucedida de 50% a 75% das vezes, muitas pessoas não sabem como realizar a técnica.

 

Por essas razões, a Casa de Saúde São José, do Rio de Janeiro, criou a campanha Amigos pelo Coração, que pretende ensinar a manobra à população leiga. Dr. Gustavo Gouvêa, cardiologista da Casa e idealizador do projeto, explica que na Europa e nos Estados Unidos a população é instruída desde a infância, o que ainda não é comum no Brasil.

 

Além de demonstrar que, com conhecimento mínimo do procedimento, qualquer pessoa pode salvar uma vida, o objetivo é propor que o método seja ensinado em todos as escolas, de forma sistemática.

 

Para a campanha, foram produzidos vídeos que ensinam o passo a passo da técnica e contam com a participação da banda Barão Vermelho. O grupo regravou a música “Meus bons amigos”, escolhida como tema do movimento por ter o mesmo ritmo da massagem cardíaca. É possível utilizar a batida da música para marcar a taxa correta de compressões torácicas - entre 100 e 120 por minuto.

 

Conforme Gouvêa, se as pessoas ficarem com a marcação da canção na cabeça durante a massagem e a fizerem de forma eficaz, conseguirão manter os pacientes vivos até a chegada do socorro.

 

Veja aqui um dos vídeos da campanha Amigos pelo Coração.